HOW TO MAKE A WORKOUT ROUTINE & STICK TO IT

fevereiro 09, 2017


A um ano atrás inclui o exercício (como algo inédito) na rotina quotidiana. Não me inscrevi num ginásio porque pela inconstância do meu dia a dia e a predilecção pelo horário nocturno para a realização de tal actividade não me pareceu de todo a melhor solução, já para não realçar o facto de que se realmente consegui-se cumprir uma sessão homemade de gym de modo consistente esse poderia futuramente ser o próximo passo lógico. Pequenos passos sem grande alarido para não comprometer (agoirar) os planos. Consegui manter-me consistente e considero o acto bastante louvável, alem de uma dieta que implementei, tudo em modo autodidáctico que não recomendo, mas fiz sem pretender ser exemplo para ninguém, zero açucares no regime, o máximo raw possível, fruta como se não houvesse amanha e “fifty shades of green” (lol). Resultado, sinto-me muito melhor comigo mesma, mais consciente da minha alimentação e as analises comprovam-no, a balança concorda e a medica aprova e recomenda que continue a fazer mais do mesmo. Ponto de situação, é para manter! Vim por isso partilhar, entre algumas questões que foram colocadas no instagram, onde grande maioria do meu “fitness mood” assume presença, os conselhos que possam vir a ajudar-nos a implementar esta resolução na vossa rotina de 2017.

Suar pode ser divertido // comecem por tentar descobrir qual é a actividade física que vos agrada, seja ela yoga, pilates, musculação, o popular crossfit... não interessa o que a guru do fitness que vocês idolatram faz, ou o que meio mundo atesta como sendo top na queima de calorias tipo magra-num-piscar-de-olhos. Se não vos trouxer algum tipo de compensação emocional não será o tormento que vos proporcionará que vos vai motivar! Encontrem o que fizer essa gordurinha chorar (suar) “custar menos”, cumprir e ultrapassar os pequenos objectivos no caminho de ganhar maior resistência física vai soar a victoria e fazer-vos regressar para mais.

Prestar Contas // nos primeiros meses esta pode bem ser a vossa mais valia, se vão dar o vosso dinheiro a ganhar a alguém, seja num ginásio, ou com um extrazinho, contratar um personal trainer (indoor ou outdoor) que vos vai cobrar religiosamente quando derem uma desculpa esfarrapada para não aparecerem, sem reembolsos, talvez essa seja a motivação para mexer o rabinho e ginásio com ele!

Planear // a regra é: o ginásio é uma tarefa como qualquer outro compromisso, aniversario ou evento, não passível de ser reagendada, substituída ou adiada, é fixa, tem dia e hora marcada e nada nem ninguém a suplantará. Façam um plano: o que quero fazer, dias, horas e marquem na agenda, não há desculpas por muito caótico que se possa transformar o vosso dia, esse tempo é sagrado!

Arranjem companhia // levem a amiga, o irmão, a mãe, a vizinha... falem com pessoas com quem partilham aulas conjuntas de ginásio, combinem aparecer nos mesmos horários, criem novas relações no vosso também novo ambiente, esta proximidade irá ajudar a contornar a apatia que espaços estranhos proporcionam contrariamente a espaços familiares onde comunicam com pessoas com objectivos comuns, os mesmos obstáculos, as mesmas dificuldades. Treinar pode realmente tornar-se giro!

You Might Also Like

0 REPLY

Participa com a tua sugestão ou comentário e não te esqueças de seguir a página no facebook, twitter e instagram para estares sempre a par das novidades! Obrigado pela visita. Salomé

Popular Posts

Like us on Facebook

Follow us