MINIMALIST LIFESTYLE MISTAKES TO AVOID

julho 31, 2017


O estilo de vida minimalista é uma experiência pessoal com a intenção de simplificar as nossas vidas ao nos livrar do que não nos acrescenta e deixar, dar, espaço para o que nos fará felizes. É um modo de vida intencional e sustentável que não só melhora a vossa saúde mental como a física. Como qualquer nova experiência ela acarreta erros de principiante e hoje alerto para aqueles que são os mais gritantes para quem pretende aventurar-se, também, a mudar de vida!

Ser prudente na hora de deitar fora // não se deixem consumir pela fantástica e nova sensação de leveza que resulta do se verem livres das primeiras tralhas! Faze-lo rapidamente ou sem intenção ou consciência pode resultar no arrependimento de deitar fora o que afinal tinha valor ou fazia falta! Been there done that... O pior a fazer é criar desperdício na busca por um minimalismo, ninguém quer isso! Doar, reciclar ou deitar fora aquilo para o qual não se encontra um propósito é maravilhoso, mas realiza-lo a favor de uma versão idealizada de minimalismo aniquila todo o sentido da coisa. Definam um ritmo próprio. Criem etapas ou categorias de eliminação. Só não vale ser imprudente!

Deixar que as regras minimalistas ditem a sua vida // esta para lá de errado, oh se esta! Cada um deve descobrir e seguir os princípios que se adequem ao seu estilo de vida. Sim, é um facto, o minimalismo requer um destralhamento, menos distracções, maior consciência, produtividade, eficiência, facilidade e realização, mas se deixarem que estas limitem e liderem a vossa vida podem apenas alcançar frustração. Não há regras rígidas e imediatas para liderar um estilo de vida minimalista, o principio geral é menos excesso e escolhas mais essenciais, simplificação, e como, esse difere de pessoa para pessoa. Usem o minimalismo para melhorar a vossa vida e não torna-la mais difícil.

Comparar e competir com os outros // um tema comum, e inegável, nem tentem, com qualquer opção de estilo de vida é a competição entre aqueles que a seguem. A comparação mais comum feita na “comunidade minimalista” é a quantidade de itens possuídos e de essas coisas são necessárias. Existe uma tendência para competir com quem pode possuir a menor quantidade de pertences. O minimalismo não é uma competição, o que funciona para uma pessoa não funciona para outra. Comparar a nossa vida com a dos outros não é saudável e não permitira a ninguém alcançar uma vida gratificante. A maneira como as pessoas vivem, as suas vidas, depende apenas delas, não comparem, não compitam, concentram-se apenas em construir uma vida que amam com menos!

You Might Also Like

2 REPLY

  1. Gostei muito! São bastante importantes...
    Beijinhos
    Joana
    https://curlyhairandlipsticks.wordpress.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Joana! Espero que ajudem ;)
      Um beijo,
      Salomé

      Eliminar

Participa com a tua sugestão ou comentário e não te esqueças de seguir a página no facebook, twitter e instagram para estares sempre a par das novidades! Obrigado pela visita. Salomé

Popular Posts

Like us on Facebook

Follow us